Festival Gastronômico

Este ano, o Festival Gastronômico de Monte Verde, acontece de 27 de abril a 02 de junho e tem como principal objetivo a inserção de Monte Verde no roteiro gastronômico dos festivais, atraindo ainda mais turistas e tendo como tema dois poderosos ingredientes de nossa cultura local: o Pinhão e a Truta.

A Araucária, ou Pinheiro do Paraná, é uma árvore de relevo alto e invernos rigorosos.
O pinhão é a semente da araucária, cuja queda se dá de abril a julho, de maneira natural ou manual. Consumidos principalmente no Sul do país, é encontrado em São Paulo e Minas Gerais, em regiões serranas, conhecidas como ‘focos de araucárias’, como acontece em Monte Verde.
Os esquilos são os responsáveis pela reprodução da araucária, comendo as sementes e enterrando algumas para o futuro. As sementes enterradas e esquecidas dão origem a uma nova árvore, que embora abundante em nossa região é protegida por lei desde a Carta Régia de 13 de Março de 1797. O pinhão combina com pratos salgados, sendo acompanhamento de filés, aves e peixes ou como ingrediente de massas e pães, além de servir como base para sopas e caldos, podendo ser um simples aperitivo ou entrando de maneira surpreendente em receitas doces como bolos ou cucas.

Já a truta é um peixe de água doce, da família do salmão (salmonidae), originárias do Hemisfério Norte e hoje presentes em todos os continentes.
A criação de trutas no Brasil, surgiu em 1949, com os primeiros ovos trazidos da Dinamarca e que encontraram na Serra da Mantiqueira um habitat perfeito, com águas frescas, puras e bem oxigenadas, encontradas principalmente em rios de montanha do Sul e Sudeste do Brasil.

Mais informações sobre o Pinhão Mais informações sobre a Truta
Mais informações sobre a Araucária